28 de junho de 2010

Afinal, em que ficamos?

Regressar a casa, rever família e amigos, é bom. Muito bom, mesmo. É, não é? Pois é. Excepto quando começa a lengalenga do costume: Então e quando voltas de vez? Aquilo lá não é para ti! Vais ficar mesmo por lá? Mas é tão longe! Gostas de lá estar? E não é muito frio? E as pessoas não são antipáticas? Aqui está-se melhor, faz sol e bom tempo. Vem-te mas é embora que aqui é que se está bem.
A isto seguem-se horas a dizer mal do governo, do país, da economia, do tempo, do desemprego, dos impostos e agora até da selecção nacional de futebol.

4 comentários:

Tulipa disse...

Pois, eu diria mais, deixa-te estar :)

Tulipa Negra disse...

Por agora, também me parece melhor.
Beijinhos

viajanteintemporal disse...

Também me parece melhor. Se pudesse também ia. beijinhos
PS: O meu telemóvel não gosta do teu processo de verificação de palavras:)

Tulipa Negra disse...

O mais difícil é decidir e ter condições para ir. O resto, resolve-se.
Não seja por isso, elimina-se já o processo de verificação de palavras! (se conseguir, vamos ver...)
Beijinhos