8 de dezembro de 2010

Os pneus de neve são para meninos

Resisti enquanto pude, mas acabei por me resignar. Durante anos não troquei os pneus do carro no Inverno. Que disparate, que mariquice! Afinal, mesmo quando neva, as estradas normalmente estão limpas, o carro anda, qual é a necessidade? A primeira vez que conduzi com neve não consegui parar onde queria porque o bicho ganhou vontade própria e seguiu em frente. Uma outra ocasião, a neve era tanta na rampa de saída da garagem, que a viatura simplesmente se recusou a subir, mais parecendo uma criança a fazer birra: andava para todos os lados, menos em frente. Depois houve aquela outra vez em que consegui chegar ao destino, estacionei no parque e já não saí – a neve tapava os pneus e nem os autocarros andavam. Voltei perto da meia-noite para ir buscar o carro e, no regresso a casa, tive direito a meio pião (felizmente a estrada estava deserta). Isto para não falar da traseira a abanar constantemente, tal e qual um dançarino sul-americano, e das muitas curvas "à rally" – as rotundas eram especialmente interessantes. Qual montanha-russa, qual quê! Andar no gelo com pneus de Verão é que é! A aventura, a emoção, a adrenalina…

Mesmo assim, acho que não vou ter saudades.

3 comentários:

João disse...

:)

Malena disse...

Sua Fangia!! Tu queres é sair de traseira!! :P

Tulipa Negra disse...

Malena, e hoje foi por pouco! :D