17 de novembro de 2010

A propósito de nada # 2

Em tempos trabalhei no atendimento telefónico de uma operadora de telemóveis. Não via o público e o público não me via. Mas tínhamos de obedecer a um dress code. A regra básica era não usar calças de ganga, excepto à sexta-feira (sempre perguntei se à sexta não se trabalhava como nos outros dias, nunca me souberam responder). Os homens não eram obrigados a usar fato, mas eram encorajados a isso. Diziam que era por causa da imagem da empresa. Repito: não víamos ninguém, ninguém nos via (especialmente se tivermos em conta que trabalhávamos por turnos e muitas vezes entrávamos e saíamos das instalações durante a noite ou ao fim-de-semana).

Lembro-me de um colega, jovem e de cabelo comprido, que começou por apanhar o cabelo num rabo-de-cavalo até que acabou por cortá-lo, tal não era a pressão. Continuou a fazer o mesmo trabalho, da mesma forma que até aí. Mas provavelmente com a cabeça mais leve, sem o peso do cabelo...

10 comentários:

Ulisses disse...

Distorcendo o slogan de uma superficie comercial...

Há coisas ridiculas, não há?

:)

Vício disse...

eu, que não ligo muito a essas coisas e felizmente não tenho regras impostas, gosto de ver colegas bem vestidos e que eu sei que não vale uma ponta.
dá-me um gozo enorme!

Vera, a Loira disse...

Pelo menos se estivesse alguém a fazer espiagem comercial ficava com uma óptima impressão vossa. Oh... tão giros que eles são, vestem-se tão bem.

Tulipa Negra disse...

Ulisses, então não há! :)


Vício, agora também já não tenho regras impostas, a não ser a do bom senso (que mesmo assim falta a algumas pessoas), apesar de trabalhar num sítio supostamente mais formal...
Beijinhos


Vera, não tinha pensado nessa possibilidade. Às tantas havia por lá umas câmaras escondidas ou assim... :)
Beijinhos

Suspiro disse...

Também trabalhei num sítio desses... Mas a única coisa que não "deviamos" usar eram cintos largos e havaianas! ;)de resto, era ao critério de cada um! ;)

Tulipa Negra disse...

Suspiro, as havaianas entendo, mas cintos largos? Pronto, está bem... :D
Beijinhos

Tulipa disse...

É muito ridículo, e continua a acontecer. Kiss

Tulipa Negra disse...

Tulipa, infelizmente continua a dar-se mais importância à aparência do que à competência. :)

João disse...

Na volta vai-se a ver e foi no mm sítio onde tb trabalhei nas mesmas funções, só que a atender clientes internos. só que, naquele departamento (linha sap) não havia essas imposições. e isso da sexta feira de que falas era o Casual Day!...enfim...merdas importadas impostas pelo maior dono da empresa: british's!!

Tulipa Negra disse...

João, tu queres ver que ainda fomos colegas? :D
Beijinhos