5 de novembro de 2010

Cores


Dr. Clay's crayons live in a special box of cardboard that says 120 on it, that's how many all different. They've got amazing names written small up the sides like Atomic Tangerine and Fuzzy Wuzzy and Inchworm and Outer Space that I never knew had a color, and Purple Mountain's Majesty and Razzmattazz and Unmellow Yellow and Wild Blue Yonder. Some are spelled wrong on purpose for a joke, like Mauvelous, that's not very funny I don't think. (...) There's even a white crayon, wouldn't that be invisible?
Emma Donoghue, Room

Prometo que é o último post relacionado com este livro, acaba aqui a publicidade gratuita, mas encontrei a imagem e lembrei-me desta passagem. É mesmo muito bom!

9 comentários:

João disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João disse...

engraçado...mas já não te escapas à má fama:)

Rafeiro Perfumado disse...

Mas prometes mesmo, ou vamos ter chatices!

Vício disse...

se tu dizes que é bom, eu acredito!
mas deve ser acompanhado com branco ou tinto?

Tulipa Negra disse...

João, o que poderei fazer para me redimir??? :D


Rafeiro, prometo, mas não quer dizer que cumpra...


Vício, digo. Como cantava o outro: branco, velho, tinto e jeropiga - com peixe frito! :)

Vício disse...

uma correcçãozita... a virgula entre o branco e o velho está a mais!
é mesmo branco velho e é tão docinho!!! faz-nos parecer uns gatos a lamber os beiços depois de beber :D

Tulipa Negra disse...

Vício, tens razão. Entusiasmei-me com as vírgulas... :P

Ventania disse...

Aqui há uns 2 anos referia este artigo e hoje, relendo, lembrei-me de ti e da tua rubrica.
http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u398210.shtml
;)

Tulipa Negra disse...

Ventania, obrigada! É muito interessante mesmo.
Beijinhos