16 de novembro de 2010

As novas caras do livro

E abrir o Facebook pela manhã e encontrar isto:


E perceber que quem teve a ideia deu origem a um fenómeno que possivelmente nunca imaginou. E perceber que hoje em dia é tão fácil embarcar nas modas e aderir que nem carneirinhos. E perceber que também eu o fiz, não uma, mas duas vezes (quem me manda ter dupla personalidade?). E ver que de repente (quase) todas as publicações no livro das caras são de músicas antigas, desenhos animados antigos, genéricos de séries antigas, anúncios de televisão antigos... e quanto mais piroso, melhor. E perceber que o pessoal dos 30 para cima sofre de uma nostalgia crónica pela década de 80 do século passado. E perceber que se calhar é a melhor maneira de não pensar nos problemas e na crise. Afinal, na banda desenhada tudo é tão simples e acaba sempre bem...

Claro que depois há aqueles que são do contra, podemos ter a ideia mais genial do mundo que há-de sempre haver alguém para contrariar. E então? Qual é o problema de toda a gente mudar temporariamente a foto para um boneco qualquer do antigamente? Expliquem-me, se fazem favor, porque eu ainda não percebi.

6 comentários:

Vício disse...

mééééé

Adrenaline Shot disse...

Sometimes we simple want to belong.
(Tb troquei a minha, mas só no FB)

Ulisses disse...

Pá, eu não troco...

...porque dá trabalho...!

(demorei 5 anos para fazer uma pagina de facebook, vê lá...)

:)

Tulipa Negra disse...

Vício, muuuuu
(Tu já és um boneco, ora!)


Adrenaline shot, bem visto. A necessidade de sentir que se faz parte do grupo, pode ser por aí, sim. (Eu também só troquei no FB)
Beijinhos


Ulisses, tu és um dos que é do contra, certo? Já deu para perceber... ;)
(eu também, mas depois fiz 2!)

Tulipa disse...

Não mudei, mas não tenho nada contra :) aliás deu-me que pensar e tudo...se todos nos juntássemos por boas causas o mundo seria um lugar melhor. Kiss

Tulipa Negra disse...

Tulipa, tens toda a razão. Se é possível juntar tanta gente por uma coisa de nada, o que não seria por qualquer causa importante!
Beijinhos