30 de janeiro de 2011

Programa para hoje: aprender a viver!

5 comentários:

Orquídea Selvagem disse...

Ó Tulipa... uma afirmação um pouco controversa, don't you think?

Beijinhos e bom domingo! :)

Tulipa Negra disse...

Orquídea, prefiro interpretá-la no sentido de aproveitar o tempo da melhor forma - afinal, as coisas inúteis são normalmente as mais agradáveis. :)
Beijinhos

Orquídea Selvagem disse...

Mas se são agradáveis... então já não são inúteis!!! :)

Ulisses disse...

Nem mais...
...nada como o ócio puro para nos fazer ficar felizes...
...desde que em doses controladas!

:)

Tulipa Negra disse...

Orquídea, são inúteis no sentido de não se produzir nada, de não ser uma obrigação. Isto de dizer que não se faz nada é muito complicado, estamos sempre a fazer alguma coisa... :)


Ulisses, claro que é em doses controladas. Não fazer nada também cansa! :)