20 de janeiro de 2011

Coincidência?

No dia de aniversário do nascimento de Edgar Allan Poe (o mestre do terror, fantástico, mistério, macabro, o que lhe queiram chamar, esse mesmo, o do Corvo, entre outros) é divulgado o nome escolhido por dois energúmenos para baptizar a filha (que não tem culpa de os ter como pais mas certamente os vai odiar para o resto da vida).

And the raven, never flitting, still is sitting, still is sitting
On the pallid bust of Pallas just above my chamber door;
And his eyes have all the seeming of a demon that is dreaming,
And the lamp-light o'er him streaming throws his shadow on the floor;
And my soul from out that shadow that lies floating on the floor
Shall be lifted — nevermore!

9 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Vindo de quem veio, acho que a criança tem sorte de não se chamar Lucibelaló!

Vício disse...

pode ser que eles tenham sorte em a miuda ter o mesmo nivel de QI e não os processe daqui a uns anos por isto...

Tulipa Negra disse...

Rafeiro, eu até preferia a tua sugestão, é mais musical. :)


Vício, pobre criança, devia era processar o conservador que permitiu uma barbaridade destas!

Malena disse...

No comments! Ao nome, claro!
O Poe? Muito bom mas ligeiramente tétrico... :)

Tulipa Negra disse...

Malena, tão tétrico como o nome da pobre criatura... :)

Ulisses disse...

Mordafoque...

...eu não dava um nome assim a filha do meu pior inimigo...

(prefiro H. P. Lovecraft, mas o Poe tb tem das suas...)

:)

Tulipa Negra disse...

Ulisses, eu não consigo deixar de sentir pena da criança... não lhe bastavam aqueles pais, ainda leva com um nome inqualificável.

(O Cthulhu também é engraçado, mas eu prefiro o Corvo) :)

Salvador disse...

Fazem tudo para ser falados, Tulipa, tudo. E acredito que a mudança do nome só aconteceu porque o nascimento da miúda foi abafado pelo caso do Carlos Castro.
Quanto ao '''''''nome'''''', bem, nem digo nada... rsrsr.

Uma boa tarde ))

Tulipa Negra disse...

Salvador, e com tantos casos o povo até se esquece da crise! Afinal isto tudo tem uma utilidade... :)