2 de setembro de 2010

Rentrée

Regressar ao trabalho mais de um mês depois é duro. Pensar em horários, rotinas, obrigações depois de um mês a dormir quando queria, a fazer o que me apetecia, todos os dias, custa muito. Voltar a vestir roupa de gente crescida depois de semanas seguidas de havaianas nos pés é difícil. Passar dos quase 40º de Lisboa para uns míseros 16º, e ainda estamos no início de Setembro, é caso para dar cabo do sistema a qualquer um, quanto mais a mim que sou sensível a estas coisas. De um dia para o outro deixar de ver o mar, o Tejo, Lisboa e, não tarda nada, o sol. Deixar lá longe a família e os amigos e pensar que só os revejo daqui a uns meses. E de repente parece que tudo o que é bom ficou ali, naquele mês de Agosto (cliché, eu sei), passado entre as casas da família e a praia e a cidade e o trânsito e os jantares com os amigos e tudo o resto que faz de mim o que sou e que me faz tanta falta durante o resto do ano. A começar já hoje.

18 comentários:

Vício disse...

mais um caso de depressão...

Tulipa Negra disse...

Vício, é a depressão pós-férias, ainda não ouviste falar?
Beijinhos

Lou Alma disse...

A vida é "deficel" mas por vezes compensa :) bom regresso e espero que a depre te passe depressa. :)

João disse...

agora imagina isso num gajo com depressão endógena bipolar (medicado há 3 anos)??!
felizmente o gajo tá a reagir bem à coisa!

Vício disse...

claro que sim! é uma doença da moda

Tulipa Negra disse...

Lou Alma, difícil é favor! Sim, normalmente compensa, mas os primeiros dias depois das férias são complicados.


João, não consigo imaginar... Ainda bem que o gajo tá a reagir bem! :)


Vício, sou muito dada a modas (por acaso até não é verdade...) :-D

Vera, a Loira disse...

É muito triste, eu sei...

Tulipa Negra disse...

Vera, aposto que tu compreendes! :)
Beijinhos

Ulisses disse...

É dose...

:)

Tulipa Negra disse...

Ulisses, pois é!
Beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

Estava para colocar aqui uma gargalhada sádica, mas tenho amor ao pêlo. Pensa nos pobres desgraçados (eu, eu, eu!) que ainda não foram de férias!

Beijocas!

Tulipa Negra disse...

Rafeiro, estou cheia de pena! Se ainda não foste de férias, também já não faz falta, o Verão está a acabar. Podias continuar a trabalhar para eu continuar de férias... :)
Beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

Tás cá com uma sorte...

Tulipa Negra disse...

Já não se fazem rafeiros como antigamente...

AVOGI disse...

ora se é!!! mas para mim, não é. estou...assim como se diz.... ja´dei o que tinha a dar- agora estou a receber :sou aposentada, nada melhor. ,ikis e BFSemana

Tulipa Negra disse...

Avogi, isso é que é bom, férias permanentes! Se bem que eu acho que devíamos aposentar-nos aos 30 anos, para poder gozar a reforma como deve ser. :D
Obrigada pela visita e beijinhos

Malena disse...

O nosso país sabe-nos bem mas parece-nos ainda mais saboroso quando estamos ausentes! Força! Os regressos vão repetir-se! :))

Tulipa Negra disse...

Malena, essa é a grande verdade! Quanto aos regressos, já estou a pensar no próximo... :)
Beijinhos