6 de setembro de 2010

Independência, já!

E não é que há doidos para tudo? Este quer a independência de um ilhéu ao largo da Madeira. Acho bem. Mas depois exijam-lhe visto, vacinas em dia e certificado do registo criminal para entrar em Portugal. É que parecendo que não, ainda pode ser considerado imigrante ilegal...

10 comentários:

Vera, a Loira disse...

Realmente, hé pessoas para tudo...

Tulipa Negra disse...

Vera, eu acho que este bate tudo! Olha se alguém decide pedir a independências das Berlengas? Era lindo!
Beijinhos

Vício disse...

grande coisa!
o Markl no filme "A bela e paparazzo" queria criar um país dentro dum prédio...

Tulipa Negra disse...

Vício, também ainda não vi esse. Andamos muito cinéfilos... :)
Beijinhos

Imperator disse...

o melhor é mesmo dar lá a independência a esse artista... sempre é menos um

Mal Educado disse...

Independência já, para essa ilha e para a outra que está ao lado.

e total proibição de vir até ao "contenente" e de chorar por subsídios ou outros financiamentos

Malena disse...

Todos querem a independência desde que aqui o povinho do rectângulo finacie!

Lou Alma disse...

Já dizia o outro independencia ou morte, parece-me é que a independencia neste caso é a morte do artista. O sr tem consciência disso, terá ?

The Real Special One disse...

Independência ou morte!!!!

Liberdade para todos os Pontinheiros...

O Ilhéu da Pontinha nunca se renderá...defenderemos todos os calhaus até ao último homem....

Tulipa Negra disse...

Imperator, bem visto. Malucos já há que cheguem...


Mal Educado, essa ideia também não é má de todo. Só que depois ficamos sem a Madeira para ir de férias, e aquilo até é bonito!


Malena, é como os jovens que decidem ir viver sozinhos, independentes, mas com os pais a pagar as contas. :)


Lou Alma, acho que ele ainda não percebeu como é ridículo...


Real Special One, pedras, pedrinhas, calhaus, o que for preciso! LOL