9 de setembro de 2010

Hoje, especialmente

Mais do que ontem...


...menos do que amanhã.

11 comentários:

Vício disse...

e tanto como hoje?

Tulipa Negra disse...

Claro!

Lou Alma disse...

:) é bonito ter gente que ama assim à nossa volta, o mundo fica com outro aspecto. Parabéns, amar assim é algo indefinível...mais do que ontem...menos que amanhã... mesmo muito tempo depois. Lindo isso.

Tulipa Negra disse...

Lou Alma, obrigada... :)

João disse...

boa....eheheh
e ainda se torna mais giro pelo modo "parvo" como o fizeste! os grandes têm a mania de fazer coisas à gente grande, esquecendo-se que às vezes, as coisas "parvas" ("À noite, no Facebook, todos os intervenientes são... doidos!"), "infantis", sabem muito melhor, são muito mais genuínas. Genuíno...acho que era à procura dessa palavra que andava...deve ser esse o nome clínico.
;)

Tulipa Negra disse...

João, obrigada. Para certas coisas, quanto mais simples, melhor! :)
E gosto desse nome clínico para o resto, é melhor do que outros que me passaram pela cabeça...
Beijinhos

Manuela disse...

Tulipa, que bom ler, posts como este! Singelo e intenso :)
Beijinhos

Tulipa Negra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tulipa Negra disse...

Manuela, obrigada. Sobretudo é sincero.
Beijinhos

Denise disse...

Será?!

Beijo*

Tulipa Negra disse...

Denise, de certeza! :)