1 de agosto de 2010

No restaurante

Na televisão, o telejornal mostrava mais uma vez a mesma peça sobre a morte de António Feio, as mesmas imagens, as mesmas pessoas e as mesmas palavras repetidas tantas vezes que já todos as conhecíamos de cor e salteado, mas ainda assim fez-se silêncio e ninguém desviava o olhar do aparelho pendurado praticamente no tecto. Até que uma senhora na mesa ao lado da minha exclama para o companheiro:

- Eu vi-o uma vez fazer um monólogo genial. Sozinho!

4 comentários:

Ulisses disse...

Não fez o monologo acompanhado ?!?!?!?!?

:)

Tulipa Negra disse...

Ulisses, não imaginas o esforço que tive de fazer para não mandar uma gargalhada!
Beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

Foi do choque, certamente...

Beijocas!

Tulipa Negra disse...

Rafeiro, só se foi do tratamento de choques eléctricos que ela teve antes. É que continuou a dizer disparates deste género sobre todas as notícias que apareciam! :D